setembro 06, 2005

1.500 sem-terra em Brasília no dia sete

O MST decidiu radicalizar sua relação com o governo federal. "A primeira demonstração está marcada para amanhã, na Esplanada dos Ministérios, quando o movimento ameaça levar 1.500 sem-terra ao desfile do Sete de Setembro. Ontem, ao saber da idéia dos sem-terra, um emissário do presidente Luiz Inácio Lula da Silva avisou à coordenação do MST que os camponeses não serão bem-vindos no desfile. O MST respondeu que vai resistir e, se preciso, entrará à força na avenida, desfilando como o último bloco da parada cívico-militar". http://www.primeiraleitura.com.br/auto/index.php

Nenhum comentário: