setembro 05, 2005

arrogância

Acostumados a doar recursos em casos de catástrofes em outros países, o governo americano inicialmente sugeriu que não esperava ajuda estrangeira. "Eu não estou esperando muito de nações estrangeiras porque nós não pedimos isso. Eu espero, sim, muita solidariedade e talvez algumas vão mandar doações em dinheiro. Mas este país vai se levantar e cuidar de si mesmo", afirmou Bush à rede de TV americana ABC. O Congresso americano deverá votar um pedido de Bush para liberar US$ 10 bilhões em verbas especiais para financiar operações de emergência. Mais tarde, no entanto, o porta-voz do Departamento de Estado, Sean McCormack, disse que qualquer ajuda seria bem-vinda. "Qualquer coisa que possa ajudar a aliviar a situação trágica da área afetada pelo furacão Katrina será aceita", disse o porta-voz. foto BBC Bush on board

Nenhum comentário: