setembro 08, 2005

Era uma vez três vacas da raça girolando, assustadoramente prolíficas. Em oito anos, o dono lucrou tanto com os abençoados animais que tornou-se proprietário de nove bem-montadas fazendas. No campo da ficção, essa seria uma análise simpática da evolução do patrimônio do hoje deputado federal Romeu Queiroz (PTB-MG), de acordo com as declarações de bens que o próprio político de Patrocínio, no Alto Paranaíba, apresentou à Justiça Eleitoral em 1994, quando conquistou seu terceiro mandato de deputado estadual, e em 2002, na reeleição para a Câmara. Incluído na lista de cassações das CPIs dos Correios e do Mensalão por ter sacado R$ 350 mil das contas do empresário Marcos Valério, Romeu Queiroz, aos 56 anos de idade, pode até perder o mandato, mas não tem motivos para se queixar da política. portal uai
ilustração Cowparade

Nenhum comentário: