setembro 15, 2005

Mais um golpe de mestre de Chávez

No novo narco-round Chávez desmonta a defesa de Bush
Depois de expulsar da Venezuela os agentes norte-americanos da DEA (Drug Emforcement Administration), o presidente Chavéz deu outro golpe de mestre, colocando Bush no "corner".A intenção de Bush, depois da expulsão dos agentes da DEA (acusados de espionagem), era colocar a Venezuela na anual "Lista de Países que não cooperaram com a luta às drogas". Essa lista será apresentada no final de setembro. Rápido, Chávez mostrou, nesta semana (12/09/2005), um novo record venezuelado com relação à apreensão de drogas. A Venezuela conseguiu apreender, em 2005 e até setembro, 50 toneladas de drogas ilegais. Ou seja, 16 toneladas a mais do que no ano de 2004.O relatório venezuelado foi apresentado pela Comissão nacional Antidrogas e está assinado pelo diretor Luis Correa. E Cháves espera, como destacou em entrevista coletiva, um eleogio dos EUA, como ocorreu em 2004. Instituto Brasileiro Giovanni Falcone (IBGF)

Nenhum comentário: