setembro 19, 2005

é pau no Zé

Plínio de Arruda Sampaio, candidato à presidência do PT pela Ação Popular Socialista, acredita que haverá segundo turno nas eleições internas que o partido realiza para escolher os novos dirigentes. "Nossa expectativa é que, neste caso, todos os candidatos contrários ao Campo Majoritário se unam para ver se conseguimos limpar do PT as pessoas que fizeram essa lambança".
Ele lembrou que quaisquer denúncias sobre conduta antiética devem ser apuradas, pois ainda carecem de provas e se recusou a citar nomes de quem deveria ser afastado do partido.
No entanto, ressaltou que do ponto de vista político, em relação a José Dirceu, não há dúvidas: "Já está mais do que claro que este é um caso de incompetência brutal. Dirceu precisa ser afastado da direção do partido porque foi incompetente e incapaz de organizar uma base sólida para o governo. Não é possível que depois de dois anos de governo, o partido esteja nesse bolo total". Na visão de Plinio, os métodos usados por Dirceu "não são métodos petistas, nem socialistas". E destacou: "Politicamente, não tenho dúvida nenhuma. Toda a minha campanha foi dirigida para retirar a maioria do Campo Majoritário do partido. E Campo Majoritário e José Dirceu são uma coisa só". portal uai

Nenhum comentário: