setembro 15, 2005

Testemunhas de Dirceu

3 - Fernando Morais
O jornalista e escritor Fernando Morais afirmou ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara que não acredita nas denúncias do deputado Roberto Jefferson contra o ex-ministro-chefe da Casa Civil, deputado José Dirceu. "Tenho uma dificuldade muito grande em acreditar que alguém que dedicou sua vida inteira a uma idéia iria emporcalhar sua história por causa de dinheiro", afirmou. "Quem conhece razoavelmente a vida do José Dirceu, como eu conheço, não pode crer que ele tivesse se responsabilizado por um esquema ilegal e criminoso de cooptação de parlamentares", reiterou o jornalista.
"Passei uma semana com ele em Havana, nos feriados de Carnaval. Pude conhecer detalhes da vida dele que não conhecia, o que fez com que eu consolidasse minha convicção de que se trata de um homem de caráter. Com base nisso, aceitei vir aqui", disse Fernando Morais aos integrantes do Conselho de Ética.

2 comentários:

Anônimo disse...

E por falar em "homem de caráter", alguém poderia informar qual o nome (ou codinome?) usado por José Dirceu quando voltou ao Brasil e viveu na clandestinidade?

Sant'Ana disse...

Fernando de Morais? Fala sério...

É um desses intelectuais do pensamento único por limitação cerebral....

Quem transforma uma coronel do exército soviético e espiã em heroína, elogia barbudo tirano e assassino, merece crédito?

Vai prá Cuba Fernando, de preferência ser da oposição, de lá.