setembro 17, 2005

vendeta política & liberdade de imprensa

O deputado José Dirceu (PT-SP) reclamou do vazamento de dados de seu sigilo telefônico para a imprensa. "Alerto aos jornalistas e meios de comunicação deste País que suas fontes poderão ser reveladas publicamente, se em alguma CPI do futuro vazarem seus sigilos telefônicos", disse, em tom de ameaça. "Esse é um caminho perigoso no sentido de um regime de exceção", afirmou. Ele considerou ainda uma "leviandade e imoralidade dos integrantes da CPI dos Correios" terem aberto seu sigilo telefônico. "Esse é um ato que atenta contra o decoro parlamentar e dever ser punido com a perda de mandato, conforme o Código de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados. A imprensa está acobertando uma atitude indecorosa de parlamentares que não querem investigar. Querem violentar os direitos constitucionais dos cidadãos brasileiros para fazer uma vendeta política. Um dia essa violação vai se voltar contra os violadores e contra a liberdade de imprensa", disse Dirceu. Ele protocolou pedido na CPI dos Correios solicitando a instauração de processo para investigar quem vazou os dados de seu sigilo telefônico para a imprensa. No pedido, Dirceu argumentou que os dados vêm sendo "ilicitamente veiculados na imprensa". portal uai

Nenhum comentário: