novembro 03, 2006

limpando o céu

O ministro da Defesa Waldir Pires afirmou nesta quinta-feira, depois de uma reunião com controladores de vôo, que alcançou um acordo com a categoria para que seja assegurada a normalidade dos vôos até o fim do feriado prolongado de Finados.

Em entrevista coletiva, o ministro contou que apóia a reivindicação de que a categoria seja desvinculada à classe militar e que analisará a criação de um plano de carreira e gratificações aos operadores. O acordo aconte apesar das afirmações da Aeronáutica, segundo a qual o tráfego está normal e os transtornos são reflexos de ontem ou overbooking.

Prazos conflitantes

O presidente da Infraero, brigadeiro José Carlos Pereira, disse que a situação dos aeroportos só deve se normalizar no prazo de quatro a cinco dias. No começo do dia, Pereira havia dito que até sexta-feira a situação estaria normalizada. Também vítima do caos do transporte aéreo, o brigadeiro teve que esperar quatro horas para embarcar hoje do Rio de Janeiro para Brasília. Ao chegar, ele admitiu que, apesar da convocação de 149 controladores para a formação de uma força-tarefa, todos os vôos das grandes companhias aéreas - cerca de 600 - sofreram atrasos nesta quinta-feira.

Segundo o brigadeiro, o fluxo começou a se normalizar por volta das 10 horas, depois que o Comando da Aeronáutica convocou todos os controladores de vôo que estavam de folga. Já para o presidente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Proteção ao Vôo, José Carlos Botelho, a única maneira de normalizar o funcionamento nos aeroportos em curto prazo é diminuir o número de vôos das empresas aéreas.

Controladores não querem aumento

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Proteção ao Vôo declarou nesta quinta-feira que não foi exigida gratificação para os controladores de vôo em reunião com o ministro do Trabalho Luis Marinho. A informação é da rádio "CBN". O presidente do sindicato disse em entrevista que a situação nos aeroportos estará normalizada no domingo, fim do feriado prolongado.

Diário Oficial publica autorização para contratar

O governo publicou hoje no Diário Oficial da União medida provisória autorizando o Ministério da Fazenda a contratar controladores de tráfego aéreo, por tempo determinado. O governo estuda ainda a criação de um plano de carreira para os controladores.

Nenhum comentário: