novembro 04, 2007

política da opção preferencial pelos pobres

Notícia: Gastos com verbas sociais vão a R$ 18 bi em 10 anos
Os gastos do governo federal com programas e ações sociais estão crescendo de forma consistente há mais de dez anos. Em algumas áreas, os valores aumentaram dez vezes no período de 1995 a 2005. É o caso do conjunto de programas englobados na chamada assistência social - ... Em 1995, o governo destinava 0,08% do Produto Interno Bruto (PIB) para esses benefícios assistenciais; em 2005, eles já representavam 0,83%. Em termos absolutos, a variação foi de R$ 1,3 bilhão para R$ 18 bilhões para a área. (Portal Uai)
E os Gastos com educação? De acordo com os dados oficiais, o setor recebeu R$ 31,5 bilhões do Orçamento da União em 2005, equivalentes a 1,63% do PIB (Produto Interno Bruto) Das quatro principais áreas da política social, duas têm forte crescimento recente nas despesas - previdência e assistência.
conclusão: Privilegiam-se as transferências diretas de renda aos beneficiários, em detrimento dos serviços do Estado.
PS: Além da queda na educação, as verbas para a saúde ficaram estagnadas em 1,86% do PIB.
Educação esclarece mas Esmola emburrece!

Nenhum comentário: