agosto 31, 2014

DOCE VAIDADE

Venho á Escrivaninha
Todo dia, de manhã
Colocar uma coisinha
Que escrevi com tanto afã.

Capricho na ortografia
Beijando cada palavra.
Seja prosa ou poesia
Da forma não sou escrava.

Depois de enviar o texto
Aguardo muito ansiosa
Ver a obra no contexto
Da Capa muito charmosa.

E quando um leitor atento
Um comentário escreve
É grande o contentamento
Por esta glória tão breve!

Nenhum comentário: